domingo, 18 de fevereiro de 2018

Top 10 Games dos Anos 90 - Parte 3

Prontos para ver a terceira parte dos "meu" TOP 10 jogos para PC nos anos 90? Então se divirta! 
E não esqueça de ver a primeira parte para saber como rodar os jogos antigos de MS-DOS!

1.Prince of Persia (1990)
Ainda pretendo fazer uma série só sobre esse jogo e embora eu coloquei que ele é de 1990, na verdade o programador do jogo Jordan Mechner tinha terminado no final de 1989.
Quando joguei o jogo pela primeira vez o mais impressionante era riqueza dos movimentos, nunca os movimentos do corpo humano foram tão detalhados e claro que soube muitos anos depois
que esse foi um dos primeiro jogos a trabalhar com a "captura de movimentos" quadro a quadro (como foi usado no Mortal Kombat e Pit Fighter) e o mais supreendente de tudo ele fez tudo
isso sozinho! Os movimentos do jogo foram feitos a partir dos movimentos que o filho dele fazia!
Eu e me meu irmão "empacamos" por um mês (sério um mês) nao final da segunda fase porque não sabíamos que o shift (tecla usada para tudo) agarrava nas paredes!
O engraçado que depois dessa "dificuldade" demoramos 1 semana para "zerar" o jogo e isso que nem sabíamos que shift + S salvava o jogo e shift + L carregava o mesmo!


2.Out Of This World (1991)
No início dos anos 90 começou a onda da "realidade virtual" principalmente por causa de um filme chamado "Passageiro do Futuro" de 1992 que no filme era uma coisa e na vida real algo bem diferente. Porém um ano antes as empresas que faziam jogos para computadores começaram a apostar num formato de "gráficos poligonais" para simular essa realidade e isso já era usada em simuladores de vôos, mas não em jogos de ação.
Até que saiu Out Of This World um jogo somente feito em 3D que era bem difícil mas muito divertido. A verdade é que a ação prometida demora pra acontecer sem contar que a história era meio confusa pois era baseado num "buraco de minhoca" criado a partir de uma explosão e o protagonista para em outro mundo (daí o nome do jogo). Particularmente, passei batido desse jogo embora meu irmão jogou até "zerar" o mesmo e o jogo além do PC fez bastante sucesso no Super Nintendo inclusive sendo um dos jogos que alavancou o mesmo pois mostrou o processamento superior do console em relação ao Sega Genesis/Mega Drive.



3.The Lost Vikings (1992)
Os gráficos eram de 16 bits (iguais ao do Mega Drive e SNES) a trilha era repetiva, as fases um quebra cabeça e porque esse jogo era tão divertido?
Porque você movia "3 personagens" ao mesmo tempo e cada um fazia uma habilidade única!
Erik era o líder e tinha o poder de correr, pular e dar cabeçadas.
Baleog tinha uma espada e arco (flecha) e Olaf um poderoso escudo além de poder "planar" com o mesmo e todos eles tentavam escapar primeiro da nave alienígena e depois para vários planetas
e épocas da história da humanidade e embora as fases fossem longas (no total tinha 41) todas possuíam password para acessar de onde você parou.
É um jogo bem legal para se jogar, até porque hoje é fácil achar todos os passwords na internet seja para PC, SNES, Mega Drive ou outra plataforma.



4.Strike Commander (1993)
Conforme comentei antes os "Simuladores de Vôo" (como F-117, Gunship 2000, LHX Attack Chopper, Secret Weapons e Flight Simulator) usavam os gráficos em "3D Poligonais" até a produtora do Wing Commander usou a mesma engine gráfica (que a partir gráfico digitalizado) e criou um simulador de vôo misturado com ação que ainda não tinha se visto.
Strike Commander precisava de um "Super PC" para rodar e estrapolava os "limites" do hardware (hoje dia parece piada mas o computador mais potente era o 486 DX2 66 Mhz com 16 megas) e assim que podia jogar ficou "eletrizado" com os detalhes dos dogfights (sigla usada para definir o combate aéreo) e o mais legal que você era um "mercenário" num F-16 e podia escolher qual a missão melhor para ganhar dinheiro e podia até fugir das mesmas contudo cada vez que você fizesse isso ficava com menos dinheiro.
Na expansão "Special Operations" além do F-16 você podia jogar também com o F-22 e sem contar que o jogo era todo "falado" algo que era inédito para época. É um dos jogos que gosto de jogar novamente quando bate a sessão "nostalgia".



5.Blackthorne (1994) 
Dos mesmos criadores de Flashback este era um jogo de "ação de plataforma" cultuado até hoje.
Nele contava a história de um príncipe banido para o planeta terra e depois volta para o seu planeta para reclamar o trono. Ate aí nada de mais porém esse príncipe estava mais para o Lobo (o anti-herói da DC Comics) do que um príncipe no estilo  Prince of Persia!
A prova disso era que no jogo você mandava "bala" em tudo até mesmo nas pobres pessoas que te ajudavam (sendo que algumas estavam acorrentadas) e claro que a medida que você passava de fases (todos com password) sua arma melhorava de uma simples espingarda até virar um metralhadora!
Depois dos computadores a versão destaque era do SNES que manteve fiel a versão do PC e ao contrário da maioria dos jogos violentos passado para  console, esse não teve nenhum tipo de censura.



6.Warcraft II(1995)
O primeiro jogo da série não chamou muita atenção dos jogadores. Agora o segundo era uma revolução em muitos aspectos nos jogos de estratégia. A Blizzard Entertainment é responsável por alguns dos jogos clássicos, (como as séries Starcraft, Diablo, além dos clássicos Balckthorne e ainda de uma das maiores séries on line da internet que é justamente o World of Warcraft) e este jogo embora fosse nenhuma evolução no quesito gráfico ou som,  sua mobilidade em tempo real era insana!  Este foi um dos primeiros jogos que dava para jogar na internet e mesmo com a conexão discada dificilmente travava.  




7.Quake (1996)
Quando esse jogo saiu todos achavam que era o Doom 3 tudo porque ele parecia demais com o Doom Clássico! Os gráficos eram um pouco melhorado (já com engine 3D) agora você podia pular e até voar mas ainda não permitia o estilo "comum" de olhar em todas as direções com mouse (isso só saiu no Quake 2) e mesmo assim tinha algumas novidades como o "temível" metralhadora de "lança pregos" além de você iniciar com a "escopeta" ao invés de uma pistola.
Com tudo o maior sucesso do jogo foi o modo on line via internet que possivelmente era um dos primeiros no Brasil que dava para fazer isso e o melhor de tudo era que você jogava contra jogadores do mundo todo e mesmo com uma conexão discada dava para se divertir nas madrugadas com os amigos.





8.Star Wars Jedi Knight: Dark Forces II (1997)
O primeiro jogo da série era um estilo "Doom misturado com Duke Nukem 3D" e a parir do II a Lucas Films mudou a série para a conhecida até hoje Jedi Knight.
Nele o "espião rebelde" Kyle descobre que é filho de um Jedi e vai atrás das suas origens até conseguir virar um "jedi" ou um "lord sith" e essa era parte mais legal do jogo que você decidia qual lado iria escolher que uma maneira bem simples como vimos nos filmes da série.
Se você ferisse só os vilões (desarmando e não matando), salva-se os inocentes e poupasse a vida dos mercenários, automaticamente você ia para o lado "Bom da Força". Se você matasse todo mundo (principalmente os inocentes) automaticamente você ia para o "Lado Sombrio da Força" e de certa maneira foi isso que tirou a graça do Jedi Knight II pois apesar de você ter os poderes do "lado sombrio" automaticamente já começava como um jedi.  Aqui também aumentou a qualidade gráfica (que era 3D) e o mais divertido que era o número de armas, incluindo o sabre de luz.




9.Rainbow Six(1998)
Um jogo no estilo "ame ou odeie" o primeiro de uma série baseado no autor de "ação e espionagem" Tom Clancy (famosos por livros que depois viraram filmes como Caçada ao Outubro Vermelho e A Soma de Todos os Medos) onde você trabalhava em tempo real uma equipe global anti terrorista. Apesar de os gráficos serem 3D mas não tão empolgantes o que era legal era poder montar a estratégia da equipe (incluindo onde jogar granadas de luz ou arrombar porta), escolher suas armas e uniformes e pra mim o que era mais legal você mudar para qualquer um da sua equipe quando quisesse! Ou seja você jogava com 8 personagens ao mesmo tempo com armas e habilidades diferentes! Essa era parte que todos amavam!
A parte que todo mundo odiava era que um tiro você já (dependendo o calibre da arma) era mesmo usando um uniforme pesado! Os jogadores não gostavam de toda hora estar morrendo principalmente no modo "on line".  Mesmo assim saíram vários jogos da série depois desse, com destaque para o Rogue Spear e o Vegas 1 e 2, que pra mim são os melhores.





10.Aliens versus Predator(1999)
A série AVP foi um sucesso nos quadrinhos e em relação aos jogos eletrônicos não teve nenhum que prestasse até 1999. Antes o melhor que tinha ainda era o do Fliperama da Capcom e antes disso todos os jogos envolvendo os filmes Aliens ou Predador eram um porre!
Contudo quando o Jaguar 64 saiu a Rebellion Software seguiu fielmente os quadrinhos:
Ou você escolhia um fuzileiro (Mariner), o Predador ou Alien e cada um com armas e habilidades diferentes, em primeira pessoa mas porém sua jogabilidade era muito limitada.
Com a evolução dos gráficos e dos sons a Rebellion Software  novamente fez uma série nova do jogo e dessa vez acertou em cheio! A habilidade era empolgante, as armas era fiel as filmes (com destaque as do predador) e a história foi a mesma que vimos no quadrinho: todo mundo se enfrentando como se estivessem no filme Aliens o Resgate.
Claro depois disso deu-se início a série de jogos AVP, pena que os filmes feitos sobre a série foram uma tremenda bomba! Era só ter seguido o game que tudo ficaria legal.


Baixe o jogo AQUI!

Bônus Anos 2000!Delta Force 3 - Land Warrior
Como já mencionei no Primeiro Delta Force (na primeira parte do TOP 10) a Novalogic criou um mundo virtual seu e por isso todos os elementos que você encontra aqui, você encontrava nos outros jogos (Como F-22 Raptor, Comanche 3, Armored Fist) principalmente os veículos, helicópteros e aeronaves. Aqui tinha duas "evoluções" nos jogos de guerra. O primeiro você podia recolher as "armas dos inimigos" para continuar com sua missão (apesar que era as mesma que você escolhia no início dela) e o tipo de personagem que você iria jogar (granadeiro, atirador, médico, engenheiro ou artilheiro) e isso depois foi usado no Operation Cold War e no Battlefield 1942.
A única coisa que não dava para fazer era entrar em veículos e isso foi aparecer quando o Delta Force Xtreme foi lançado em 2005.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: faça comentários relacionados a postagem!
Tudo que for de origem ideológica, conteúdo ofensivo ou político será automaticamente apagado! Há vários blogs pra você fazer isso, aqui não é um deles.