quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Criado nos anos 90: Grand Thief Auto - GTA

Alguns jogos não coloco no TOP 10 devido a sua importância no universo dos gamers e principalmente porque de alguma forma eles mudaram a história dos jogos eletrônicos.
por isso estou fazendo as séries sobre Doom, Prince of Persia, Wing Commander, Tomb Raider, Delta Force e claro do Grand Thief Auto (O grande ladrão de carros) ou para todo nós simplesmente GTA.
Mas o que eu posso falar sobre o "GTA" que você ainda não conhece já que é a série de jogos mais comentada e adorada da internet? Então vou falar de como eu vi a série evoluir lá dos 90´s até hoje.
Como sempre aqui vou falar apenas do que eu vivi jogando esses jogos.
Aqui eu vou falar dos "sete" principais títulos da série (visto que ela também subdivida) porque sinceramente não joguei as outras histórias fora essas.
Boa Leitura!

1.GTA 1 (1997)
Não é porque o blog fala de anos 90 que o primeiro GTA é meu favorito!
Ele é porque no ano que foi lançado, até então não havia um jogo "com manipulação de ambiente total" como este. Era o que queriam os jogadores dos anos 90: um jogo onde você usava qualquer meio para alcançar seu objetivo e claro que muitas vezes isso tinha consequências
como "abusar muitos dos roubos ou atropelar os pacatos NPC do jogo". Muita coisa desse jogo não teve nos próximos, como levar um carro para porto para conseguir dinheiro ou ainda aqueles "monjes" (ou Hare Krishnas)  que você atropelava e na tela aparecia "Gouranga" na tela, mas pra mim o ele ainda é marco "zero" da idéia tanto que é possível jogar em todas as cidades que aparecem nos demais jogos. Se o próximo GTA fosse um remake desse primeiro usando a engine do GTA V, a Rockstar novamente iria faturar alguns milhões.



2.GTA 2 (1999)
Quem jogou GTA estava louco para ver uma continuação e assim quando saiu o 2 (que comprei apenas no ano seguinte) já sabíamos mais ou menos o que esperar.
Como sempre eu esperava novamente aquele "visão de cima" e agora os gráficos estavam melhores (ficava muito bom com placa 3D) e as armas também e ao contrário de se "ambientar" no anos 90
eles fizeram num futuro mais próximo, e dessa vez a rádio que era no "um" bem modesta estava mais complexa assim como as missões onde a cidade era dividida por facções e depende-se para quem
você trabalhe-se os outros iriam gostar de você ou te odiar. Porém o que ainda decepcionava eram os NPC pois embora agora tivessem mais interação (como roubos) ainda eram apenas formiguinhas coloridas vistas de cima e como sempre sem definição de sexo.



3.GTA 3 (2001)
Quando o jogo saiu eu não tinha um computador ou video game compatível com ele, por isso só ouvia os "boatos" inovadores como o tal do "mundo aberto 3D" (agora tudo tinha forma), as várias opções de visão e claro os NPC reais (incluindo agora pegar prostitutas) e por incrível que pareça só fui jogar ele depois do San Andreas e claro de cara reconheci que o herói e a vilã já tinham aparecido no mesmo jogo. Particularmente eu achei a cidade.... Muito grande! Mas não é uma coisa exclusiva minha a maioria dos meus amigos também achou e principalmente com missões que quase são incapazes de concluir mesmo com truques sujos e claro a falta de poder usar um "helicóptero" ou "avião" mesmo eles aparecendo no jogo. Porém lembro que tinha jogado o os "GTA seguintes a ele" antes e talvez por isso achei tudo meio confuso e acho que se tivesse jogado ele, logo depois que tinha saído com certeza teria achado o máximo.



4.GTA Vice City (2002)
Esse foi o primeiro que joguei quando tive o meu primeiro computador com uma placa 3D (uma poderosa NVidia de 64 mega!) e joguei tantas vezes que muitas vezes fechava o jogo, instalava um mod e jogava de novo! Aqui toda ambientação dos anos 80 (incluindo músicas e carros) me trouxe bastante nostalgia e o que mais achava o máximo era pegar as "prostitutas" e levar para dentro do carro.
Claro que a Rockstar já tinha feito isso no "GTA 3" mas como esse joguei antes dele achava isso muito legal. Fora o fato que você podia agora "voar" pela cidade de helicóptero e fato de o jogo ter muitas coisas com o filme Scarface (incluindo um Egg Master do mesmo) e a cidade com todos aqueles NPC reais, era diversão na certa! Acho que o melhor mesmo que aqui eles capricharam nos Easter Egg como submarino, tubarão gigante e até uma das cenas clássicas do filme Scarface.




5.GTA San Andreas (2004)
Ainda é o meu preferido porque embora lançando há 14 anos, muita gente ainda o joga principalmente on line e também porque é um jogo de mundo aberto imenso que é fácil (pra quem sabe) fazer mods ou addons.
O que mais chama atenção no San Andreas é que você fica preso no jogo por uns seis meses e isso que não falo da diversão em si, mais sim de todas as missões e desenrolar da história de CJ.
Eu demorei jogar ele valendo porque antes tinha pego um "save completo" de um amigo meu e ficava mais tempo conhecendo os detalhes e mistérios do jogo que outra coisa.
E claro, esse save tinha todas as namoradas e então coloquei o mod Hot Coffe que tanto a internet falava. Ainda hoje jogo ele mas usando o MOD SAMP (de jogar on line) e gosto dele mais que o "V" justamente porque ele é grande! São três cidades, onde você joga em casino, sinuca, faz missões secretas, tem namoradas, consegue montar uma gangue e outras coisas que você não encontra nos outros GTA além da nostalgia, como missões que aparecem protagonistas dos outros jogos da série.
Interessante também falar que a cada novo videogame que se lança, lançam também uma versão desse jogo para ele.



6.GTA IV (2010)
Já que tinha comprado o GTA V para o Xbox, então comprei o IV também e sinceramente além de parecer um remake do III em HD e podendo fazer quase tudo, para quem estava acostumado com o
San Andreas onde você jogava num estado inteiro, novamente ser reduzido apenas uma cidade foi decepicionante. Outra coisa que eles cortaram o sexo! Sem namoradas (apesar do protagonista ter uma bem depois) e as "cenas com prostitutas" até nisso lembrava o GTA III e assim como ele, a cidade ficou muito.... Grande! Mas claro agora tínhamos gráficos HD, GPS, Celular, um protagonista que realmente era Bad Ass (pois Niko veio direto de uma Força Especial Sérvia), universo "on line" verdadeiro (não aquela bagunça que é o SAMP) e uma história que já não fica "centralizada" em ficar rico, havia uma intriga pessoal no meio. Mas mesmo assim particularmente eu achei que ele ficou muito a desejar principalmente que os fãs ficaram esperando por 6 anos um novo GTA, mas pelo menos irá fazer todos que reclamaram morder a língua.



7.GTA V (2013)
Quando eu comprei meu Xbox o primeiro jogo que fui comprar foi o GTA V e a minha primeira impressão foi que era um San Andreas remasterizado e atualizado.
Claro que com muitas inovações que todos sabem: primeira pessoa, três personagens, manipulação "quase total" do ambiente, bolsa de valores, etc... Mas a parece que eles  se preocuparam em fazer tudo para ser on line do que o "IV" (tanto que há vários lugares que você não entende que só tem lógica na versão "on-line") e talvez isso já dite o que irá aparecer no próximo GTA: mais "on" e menos "single/offline".
Apesar de já ter jogado o modo "single player" uma cinco vezes muita coisa que tem no "San Andreas" faz falta como as atividades pra se fazer (como pro exemplo jogar sinuca, cassino) e principalmente outras cidades, mas a Rockstar compensou isso com outra coisa: a tanto "Easter Eggs" que você passa algumas semanas para descobrir todos!


Algumas curiosidades sobre a série

- O primeiro jogo era para ser apenas de uma viatura que perseguia bandidos, mas um bug de programação que fazia com a polícia enlouquecer e não parasse até prender ou matar o jogador, fez com que os programadores invertessem a ideia original: agora era um bandido fugindo de vários policiais  

- Somente o GTA 1 era ambientado no ano 2000 e deu origem a todos os outros, inclusive todas as cidades da série estão no jogo. Somente a partir do GTA 4 e 5 que a série começou a se ambientar na década de 2010 em diante. 

- Claude Speed foi o nome "código" para o protagonista do jogo no GTA 1 e GTA 2  e não havia referência a ele que segundos alguns jogadores tinha somente se você compra-se o GTA Original (eu tinha os dois originais e não lembro de ter visto esse nome no manual) e somente a partir do GTA 3 que ele se tornou realmente um personagem. 

- O GTA 2 é o mais distante na linha tempo, sendo ambientado em 2013 e somente após o GTA V que ele perdeu esse título. 

- No GTA 1 você podia escolher como protagonista uma mulher e no restante somente via MODs ou universo on line a partir do SAMP, GTA 4 ou GTA 5.  Há boatos que a Rock Star irá colocar novamente um protagonista mulher no próximo GTA 6. 

- GTA Vice City é o jogo que mais se aproxima do filme Scarface. Em 2006 a Radical Entertainment lançou Scarface: The World Is Yours  que é um jogo de "mundo aberto" e quem jogou o mesmo notou muito mais semelhança com o jogo da série GTA do que o filme em si! 

- CJ é um "anti herói" que apesar de lutar contra a polícia corrupta também não atura bandidos e principalmente os traficantes e também não curte nenhum tipo de droga e isso faz dele o único protagonista da série que é "anti-drogas". 

- No GTA 1 não era necessário você completar "todas as missões" para "zerar o jogo", apenas concluir o valor estipulado da fases. Com isso muita vezes você completava as fases apenas vendendo carros roubados nos portos. Já no GTA 2 seguia a mesma regra, contudo se você  fizesse a mesma coisa no final do jogo ele te chamava de "trapaceiro"e você tinha que fazer tudo de novo para ver o final verdeiro do mesmo. 


Postado por:
Rafael "O KH" Dantas
Autor do blog de gravação musical Palco KH, do blog de "histórias" Adult Stories e Jovem & Adolescente nos anos 90!
Músico e Técnico em T.I
OMB:13850
Contato:
rafael.kh@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: faça comentários relacionados a postagem!
Tudo que for de origem ideológica, conteúdo ofensivo ou político será automaticamente apagado! Há vários blogs pra você fazer isso, aqui não é um deles.