quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Top 10 games anos 90 - Parte 2

Continuando a série que iniciei na primeira parte vamos a mais 10 jogos lançados nos anos 90
que eu (e muita gente) curtiam de montão. Pra quem não conhece ou conhece e quer matar a saudade, nos dois sites abaixo você encontra esses jogos para baixar e de graça:

https://www.myabandonware.com/
http://www.gameswin.org/

Lembrando que muitos precisam do "DOS-BOX" para roda-los!

Boa Diversão!

1.Street Rod 2(1990)
Continuação do jogo Street Rod de 1989 e se no anterior você comprava e tunava carros da década de 1950, nesse você podia fazer a mesma coisa agora com os carros da década de 1950 a 1970. Apesar de ter uma engine super simples (do tipo tela fixa e mesmo fundo móvel) é um jogo de carro que nunca mais encontrei algo parecido, pois o mais divertido dele era comprar o carro, seu motor, suas partes, montar, pintar e competir com os outros em rachas valendo dinheiro ou o seus carros. Toda vez que vejo um jogo novo que promete algo parecido, nunca é igual a esse. É uma pena, pois quem fizesse algo seguindo essa lógica com certeza faria sucesso.



2.Gunship 2000 (1991)
Chato, demorado, complicado e intediante. Assim descreviam esse jogo. Porém para quem era apaixonado por helicopteros de combate (como eu) foi uma revolução.
O jogo tinha os helicópteros de combate dos EUA e seus gráficos eram em 3D (até mesmo um pouco "mal feitos" para 1991) e bem divertido para gostava de simulação com estratégia. Entrar no território inimigo metendo "balas e mísseis" em tanques, SAM, scuds, helicópteros e aviões. Você podia montar seu esquadrão com até 5 helicópteros e na missão dividir o mesmo mandando cada um para um lugar diferente. Se o helicóptero caísse e o piloto sobrevive-se, você podia resgata-lo.
Passei meses jogando esse jogo e praticamente recriei quase todas as missões no ARMA 3.





3. Wolfstein 3D (1992)
A sensação de 1992 não foi o "percursor dos jogos FTP", mas foi o que deu a idéia de como fazer um que realmente chama-se a atenção!
Sair pelos labirintos de castelos, bunkers e quartéis generais atrás de nazistas, recolhendo armas, tesouro e passagem secretas, realmente empolgou todo mundo.
Não conheço ninguém que (assim como o DOOM) que jogou Wolfstein e não tenha gostado. Ele teve uma continuação que foi lançada apenas alguns meses depois do primeiro jogo
que também foi fez parte dessa febre "FTP" que se iria continuar nos anos seguintes.



4. Alone in the Dark 3D (1993)
Misterioso, assustador, jogabilidade confusa e uma nova proposta para gráficos inovadora, assim era esse jogo. Os gráficos eram os chamados "poligonais" em "3 dimensões" (muito usado nos simuladores de avião) e foi o primeiro jogo de ação/rpg que tudo seguia esse formato, incluindo
até os sangue das criaturas. Esse tipo engine foi a base inicial para as placas de vídeos 3D/HD/4K que temos hoje em dia. Contudo o game tem o final mais rídiculo já inventado para um jogo tão bom que te prende logo nos primeiros momentos.



5. UFO: Enemy Unknown (1994)
Bons gráficos, som ambiente de terror, e movimentação por turnos, garantiam o sucesso desse jogo da Micropose até então era uma conhecida produtora de simuladores de vôo
(como Gunship 2000, F117, F15 Strike Eagle e Dogfigth) e era tudo muito bem detalhado. Os alienigenas invadindo a terra por motivos mais banais (estudo ou em busca de comida)
e você os matava, capturava, estudava e ia aperfeiçoando seu exército para enfrenta-los. Havia incursões em todos os cenários possíveis: mata, deserto, montanhas, bases, nos discos voadores caídos e até cidades. Garantindo sustos até hoje se você jogar o mesmo depois da uma da manhã!



6. Dark Forces (1995)
A Lucasfilm Games foi sempre perita em pegar uma engine que funcione e colocar em seus jogos. Ela fez isso com Star Wars Battlegrounds (engine do jogo Age of Empire) e com o Star Wars Battlefield (engine do jogo Battlefield) para se ter uma idéia.
Mas toda vez que ela fazia isso, também melhorava essa engine e no caso do Dark Forces que foi seu primeiro jogo FTP contando a história de um ex-agente do Império que vai para Aliança Rebelde.
Enquanto em Doom a gente só "corria reto", aqui era permitido pular e se agrachar, além dos gráficos melhorado e todos os lugares que já havíamos vistos nos filme da série Guerra nas Estrelas.



7. F-22 Lightning II (1996)
Em 1996 a Novalogic foi uma das primeiras a aproveita os recursos de uma placa 3D. Para isso criou um simulador de vôo que além de ação, os gráficos não era mais "poligonais" como na maioria.
Os gráficos eram Texture 3D (que foi basicamente usado para todo tipo de jogo que mistura grafico digitalizados com poligonais, até hoje dia em HD) e assim o simulador tinha gráficos e efeitos tão bons quanto um jogo normal.
Os aviões pareciam de verdades, os elementos, veículos e blindados e todo disparo de míssel dava para ver o mesmo chegando só através do rastro que ele deixava no céu.
Também foi um dos primeiros simuladores on line e assim você podia combater inimigos reais e virtuais mundo afora, claro que por aqui demorou um pouco, afinal só teríamos
internet rápida a partir de 2000.



8. Blood (1997)
A "engine" do jogo já era "ultrapassada" para 1997 (só lembrando que havia jogos com gráficos excelentes como Dark Forces 2 e Quake 2)contudo ele explorou um universo até então
não visto em jogos de terror. Era o terror estilo "mais hardcore" onde os monstros, fanáticos, mãos zumbis e aranhas gigantes assustavam realmente e o fato de você pode matar tudo em volta
(até pessoas inocentes) desde tiros, congelamento e tacando fogo (cujo o sons da pessoa queimando eram assustadores) deixaram muitas crianças sem dormir.
Fora isso, um jogo recheado de easter eggs fazendo referência ao filmes de terror (como Iluminado, a morte do demônio, carrie a estranha e poltergeist) tudo isso no melhor estilo "atire para todos os lados e sobreviva".



9. Comandos (1998)
Misturando estratégia, RPG e ação, Comandos você assumia uma equipe de Aliados contra os Nazistas. Com ótimos gráficos, você comandava 5 soldados cada um fazendo um especialidade diferente: tinha o especialista em penetração, o atirador, o perito em armas, o mergulhador e o motorista e piloto. Nesse jogo você matava, escondia o corpo, e tentava cumprir as missões que eram desde destruir um campo de aviação até afundar um encouraçado alemão, executando missões por toda Europa ocupada.



10.Ages of Empire 2(1999)
Pra finalizar, um dos jogos que revolucionou o conceito de estratégia. Diferente dos demais, contava com gráficos definidos que realmente você via que aquele "homenzinho" tinha uniforme, arma e animação. O jogo tinha natureza independente (água, animais, planta) e seu objetivo era efetuar as colonizações dos continentes pelo mundo, incluindo pela internet usando conexão "on line".
Passado 18 anos, muita gente ainda joga Ages of Empire 2 seja sozinho ou com outras pessoas.



Bônus do ano 2000: Commander and Conquer RED ALERT 2
Quando joguei a primeira vez esse famoso jogo de estratégia me lembrou o Wing Commander 3 porque embora os dois não tenha nada em comum, eles também usaram atores reais para contar a história do jogo (embora aqui os atores não sejam famosos). Contudo quase nunca jogava as campanhas e sim meus amigos e eu nos reuníamos para jogar esse jogo on line (também o Quake 2) já que todos nós trabalhávamos numa escola de informática da cidade. Hoje em dia ainda jogo ele e o Ages of Empire 2 com meu filho de 10 anos em rede, mas geralmente somos nós dois contra os bots (jogadores comandados pelo computador)



Postado por:
Rafael "O KH" Dantas
Autor do blog de gravação musical Palco KH, do blog de "histórias" Adult Stories e Jovem & Adolescente nos anos 90!
Músico e Técnico em T.I
OMB:13850
Contato:
rafael.kh@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: faça comentários relacionados a postagem!
Tudo que for de origem ideológica, conteúdo ofensivo ou político será automaticamente apagado! Há vários blogs pra você fazer isso, aqui não é um deles.