sábado, 14 de julho de 2018

10 Curiosidades da Informática no Brasil nos anos 90

Hoje em dia uma criança de 5 anos sabe o que é informática!
A geração nascida depois de 2000 já é conhecida como a "geração informatizada" e a comprovação disso é que basta você dar um celular, tablet ou até mesmo um computador para uma criança que mesmo nunca tendo visto na vida, ela logo pega o jeito.
 Porém a coisa nem "sempre foi assim", saiba que nos anos 90 a  informática engatinhou e muito aqui no país e até ela "começar a andar" até que não foi demorado, mas foi bem curioso pois muita gente (principalmente estadistas) demonizavam ela.
Por isso nessa postagem vou lhes contar 10 curiosidades sobre informática naqueles tempos e claro que não falo sobre avanços ou moda e sim o que as pessoas achavam disso naqueles anos e como fui professor de informática naquele tempo, possivelmente que tem seus 35 a 40 anos vai relembrar que as coisas não eram muito diferentes do que falo aqui.

1.O que achavam que era informática?
Nos anos 90 quando queríamos pegar no "pé" de uma pessoa velha dizíamos:
Na sua epóca o carro já havia sido inventado?
Hoje em dia o jovem diz:
Na sua época já existia internet?
A verdade é que a informática como conhecemos hoje em dia é relativamente uma coisa nova, pois não tem ainda nem 30 anos pois o Windows 3.1 (que foi o marco da popularização dos PCs nas casas) foi lançado em 1992 (há 25 anos).
Contudo sua velocidade de evolução foi tão absurda (nos anos 90 ela evoluiu mais rápida que as décadas anteriores) que realmente parece que já faz mais tempo que isso mas lá em 1990... Informática no Brasil além de artigo de luxo era algo misterioso para muitas pessoas, mesmo tendo em suas casas aparelhos que usam microchip como o vídeo-game e o vídeo cassete e ainda mais como os "exageros" que os programas de TV falavam dos computadores, a maioria das pessoas achavam que a informática era algo do tipo como a Skynet da série "Exterminador do Futuro".


2.Mercado em crescimento e a falta de incentivo
No início dos anos 90 havia alguns obstáculos para o setor de informática que estava crescendo no resto do mundo.
Primeiramente a lei de "proteção ao produto nacional" nos presenteou com verdadeiras "bombas" feita no Brasil e sem contar que o custo de reposição de peças era muito alto.
Segundo muitas empresas mesmo precisando informatizar seus processos não investiam porque o tudo tinha que ser feito em dólar e isso era muito caro.
Outro fato é que alguns faziam aquelas propagandas "de Ludismo" dizendo que os computadores iriam causar desemprego porque poderiam substituir uma pessoa e para eles o contador tinha que fazer um cálculo de imposto de cabeça usando umas 4 folhas do que fazer isso em apenas alguns segundos usando um programa de planilha eletrônica. Era a época onde um diploma de "datilografia" (que não existe mais) valia muito mais que um curso de informática, pois os escritórios tinham ainda "Máquina de Escrever".

3.Vários tipos de computador
Outro problema vindo da década de 80 é que em matéria de computador para casa tudo era muito bagunçado até perto de 1993. Você tinha um computador, mas o que rodava nele?

Algumas pessoas tinham o famoso Expert da "Gradiente" que tinha 2 drives 5 1/4, sistema operacional MSX/Basic, 8 bits e 64 KB–256 KB de memória! E pra ajudar era uma mistura com video game já que tinha entrada para cartucho claro, de jogos MSX.

Alguns poucos tinham já o famoso Apple Macintosh ou o Amiga cujo o modelo variava muito de acordo com o ano, e realmente esses tinham dinheiro já que esses computadores saíam apenas alguns "mil dólares".
As empresas preferiam sempre os "IBM - PC" que depois viraram apenas "PC" onde se rodava o MS - Dos e alguns servidores Unix.

Já os que estavam começando mesmo nesse mundo e não podiam comprar os computadores que citei a acima, apelevam mesmo para coisas dos 80 todos usando váris tipos de sistema operacional Basic como o Commodore C64 (BASIC 2.0), TK90 (Zx Spectrum), Apple II Plus (Apple DOS) ou HotBit HB-8000 (MSX) e claro que isso foi até 1993 quando o PC começou a se popularizar.

4.O Windows e o PC
O mercado da informática ficou mais popular quando chegou o Windows 3.1 trazendo muitos programas uteis e com interface amigável. Foi uma das epócas que as pessoas que traziam "contrabando" do Paraguai faturaram trazendo kits que eram geralmente um PC-386, com monitor VGA e uma impressora matricial pequena. E claro que logo depois veio a fabre multimídia e daí os kits começaram a ser trazidos também juntos com CD e Placa de som e então o computador deixou de ser algo chato e monótono para ser tornar uma das mais importantes ferramentas de trabalho e enterimento dos últimos tempos.
Essa popularização deve muito aos jogos lançados para PC como os clássicos Wolfstein 3D,  Simcity 2000, Doom e Prince of Persia 2 e também as enciclopédias virtuais que agora além de fotos viam com vídeos e algumas com óculos para efeitos 3D.

5.Alta depreciação
Uma coisa irritante da informática entre 1993 a 2007 era que os computadores eram "desatualizados" de uma maneira absurda. A cada ano os fabricantes lançavam um novo processador.
Para ser ter uma ideia do que era isso, você estava pagando seu "computador novo" e na quinta prestação, lançavam um modelo novo e pra ajudar, saia sempre um jogo ou um programa pedindo exatamente o processador novo e assim muita gente ficava na "mão" com o computador. Parecia tudo combinado entre os "fabricantes" e as "desenvolvedoras de software" o que deixava muita gente "P" da vida e sem contar que até 1995 para se comprar um computador era necessário pagar em dólar e a moeda vivia em variação. Eu me lembro que era triste ver aquele "lançamento" do jogo do ano e olhar para seu computador e ele não rodar o mesmo e isso que ele não tinha nem um ano de uso!

6.Vírus
As pessoas não tinham a menor ideia do que era vírus. Alguns achavam que ele vinha pelo "ar", outros achavam que era algum "pó" e havia outras teorias ainda mais bizarras.
E toda essa confusão começou justamente porque para as pessoas "vírus" era doença, então achavam que os computadores também ficavam doentes.
Claro que dizendo isso parece uma história "absurda" ´porque hoje em dia até uma criança sabe que o "vírus de computador" é um programa que executa um script no seu PC, mas no anos 90 só quem programava sabia o que fazia um script.


7.Os Cursos de informática
Antes do Windows se tornar popular os cursos de informática eram um tantos "bizarros". Primeiramente a maioria dele "exigiam" que você comece do zero dominando a linguagem basic que era uma coisa muita chata.  Fora isso queriam que você aprende-se coisas do tipo fluxograma ou cálculos binários que só servem para quem realmente vai fazer a faculdade de programação ou análise de sistemas e isso fazia muita gente correr desse cursos pois não eram nada dinâmicos.
Depois lá por 1995 a coisa ficou mais divertida pois o computador estava em todos os lugares e uma das exigência para se conseguir um emprego (até hoje) é a chamada informática básica onde a pessoa tem que saber pelo menos o básico do Windows e os programas do Office sem contar que ainda não havia internet e mesmo quando ela chegou os cursos evitavam seu uso, uma por causa do custo telefônico e outra era uma coisa tão lenta, que podia fazer o aluno desistir facilmente de continuar o curso até o final.

8.Internet
A internet no Brasil começou realmente a parti de 1999 quando chegou a banda larga e se popularizou os discadores "grátis" para o telefone normal.
Antes disso poucas pessoas tinham acesso a ela (na verdade ela começou a se popularizar em 1996) e não era por causa do preço do provedor e sim porque a conta telefônica ia lá nas alturas!
Porém o principal fator era que a informática ainda não fazia parte do nosso cotidiano e por isso a internet por aqui demorou para engrenar.
Já nas escolas e nos cursos de informática todos queriam ver outra coisa na rede menos o conteúdo do que estava sendo passado em sala de aula, já que a internet rápida era uma coisa para poucos no final dos anos 90 e demorou pelo mais 10 anos para que todos tivessem a acesso a ela e até hoje em dia o preço continua muito alto para ter uma mesmo com todo tipo de acesso disponível. 

9.Napster
No fim da década de 1990 o pessoal não estava preocupado em baixar filmes ou jogos e sim música. Com a chegada do formato MP3 em 1997 a idéia de compartilhamento de músicas através da internet
ganhou forma tanto que em 1999 aparecia em nossas "lentas conexões" o Napster que deu origem ao compartilhamento de arquivos (na verdade talvez o primeiro mais popular).
Como eu tinha banda na epóca, ficavamos a noite inteira escolhendo músicas para baixar e o pior de tudo para baixar apenas "5 músicas" demorava a noite toda usando a conexão discada!
Muita gente começou a ter linha telefônica em casa após o Napstar pois a idéia de ter qualquer música a qualquer hora já era um grande avanço. Como já sabemos hoje em dia o Napster possue site oficial assim se tornando uma espécie de Itunes e que depois o pessoal começou a a baixar pelo Kazaa, E-mule e Torrents.

10.Salas de bate papo
Por último as "salas de bate papo" ou aplicativos desse tipo como o ICQ ou Mirc. As pessoas fazem saudosismo e romantismo sobre isso pois quem usou isso entre "1996 a 2001" hoje dia já tem
muito seus trinta e poucos anos mas a verdade "nua e crua" que esses chats se tornaram o "maior local de cantadas e de encontros" do Brasil em pouco tempo.
Primeiramente nos anos 90 antes disso as pessoas já faziam isso usando os serviços telefônicos como Disque Paquera, Disk Amizade, Linha Cruzada entre outros, sempre com propagandas com "jovens dinâmicos" que passavam sempre de madrugada na televisão, geralmente junto com o Cine Privê.
Se hoje em dia se passa "facão" no "zap zap", naqueles dias isso era totalmente "livre" pois a única maneira de ver a pessoa era se ela te enviasse um "e-mail" com a foto dela! O aprimoramento das fotos nos "bate-papos" foi um coisa que surgiu mais perto de 1999 e o vídeo muito mais tarde.

Postado por:

Rafael "O KH" Dantas
Autor do blog de gravação musical Palco KH  e Jovem & Adolescente nos anos 90!
Músico e Técnico em T.I
OMB:13850
Contato:
rafael.kh@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção: faça comentários relacionados a postagem!
Tudo que for de origem ideológica, conteúdo ofensivo ou político será automaticamente apagado! Há vários blogs pra você fazer isso, aqui não é um deles.